• Instagram
  • YouTube

Receba nossas atualizações

Jornal SW 2019/2020 © Sudoeste e Octogonal - Brasília, DF - Jacques Nóbrega

  • SW Sudoeste e Octogonal

“CÂNCER DE MAMA: QUASE 17.000 MORTES EM 2018” Dra. Janice Lamas, referência quando o assunto é mama.

Dra. Janice Lamas é radiologista, se dedica há 40 anos ao câncer de mama, possui mestrado em Epidemiologia clínica, doutorado na linha de pesquisa de detecção precoce do câncer de mama e é pesquisadora associada do curso de pós-graduação Stricto Sensu da Engenharia Clínica da UnB. Atualmente é responsável técnica da Clínica Janice Lamas Radiologia. Nesse Outubro Rosa, ninguém melhor do que ela para falar sobre o tema. Referência em mamografia em Brasília.


SW: Os números de casos de câncer de mama ainda são altos no Brasil? E de mortes?


Dra. Janice Lamas

JL: Estamos iniciando a campanha do Outubro Rosa, que é uma campanha tão importante para todas as mulheres do Brasil, por ser o câncer mais frequente entre as mulheres e o que mais mata. De acordo com o INCA, em 2018 foram 16.927 mortes e 59.700 novos casos. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Há vários tipos moleculares de câncer de mama. Por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente.


SW: Existe algum tipo de prevenção ao câncer de mama?


JL: O rastreamento mamográfico pode reduzir a mortalidade por câncer de mama de 25% a 40% e quando é diagnosticado no início apresenta até 90% de cura ( INCA 2018). O câncer de mama não tem somente uma causa. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Mas outros fatores, relacionados ao estilo de vida também podem aumentam o risco da doença. A obesidade e sobrepeso após a menopausa; o sedentarismo; o consumo de bebida alcoólica; Não ter tido filhos; uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona); alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2. A mulher que possui um ou mais desses fatores é considerada com risco elevado para desenvolver câncer de mama. E cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis.


SW: Sua clínica está equipada com um serviço de ponta de diagnóstico por imagem. Que diferencial essa tecnologia faz no resultado dos exames?


JL: A Clínica Janice Lamas investe continuamente em equipamentos de última geração para garantir a precisão em seus diagnósticos. A tecnologia é importante, mas, os resultados para a paciente são muito melhores quando aliada à perícia médica e a protocolos padronizados. Neste ano adquirimos o equipamento para mamografia digital 3D e revalidamos os selos de qualidade do Colégio Brasileiro de Radiologia e o selo de Acreditação de excelência da ONA. A Mamografia 3D ou Tomossíntese é uma técnica inovadora que aumenta a possibilidade de detecção precoce do câncer, pois ela permite a visualização e análise de lesões ocultas através de amostras milimétricas da mama em 3D, reconstruída por meio da sobreposição das imagens da mama por um software.


SW: A senhora fará, ainda nesse mês, uma palestra em Roma, a convite do Consulado e do Conselho de Cidadãos Brasileiros sobre esse tema. Esse convite é fruto de sua atuação em pesquisas científicas?


JL: É fruto de anos de dedicação e a aplicação de uma metodologia científica na prática médica.


SW: Deixe um alerta ou mensagem às mulheres nesse mês de outubro.


JL: Salute Verites! Saúde é o que desejo a todas as mulheres de Brasília. O melhor tratamento vem acompanhado de um diagnóstico de precisão. Para realizar sua mamografia, escolha quem é referência.


Serviço Agende seu exame pelo site www.janicelamas.com.br ou pelo 61 3213.5161 Atendemos mais de 70 convênios de saúde!


Unidades Asa Sul e Lago Sul Janice Lamas MD PhD – CRM DF 3570

Fone: 3213-5161

atendimento@janicelamas.com.br

SHL Sul Q. 716 bl. F 5º andar Ed. Oswaldo Cruz SHIS QI15 Comércio Local Bloco F térreo